20.2.10

Fique comigo

Vejo você se cortando, no chão do banheiro o seu sangue ainda fresco, suas pernas tremem e não conseguem mais manter você. Gostaria de poder salva-la. Tirar toda a dor do seu corpo e bebê-la, assim ela nunca mais voltaria para seu corpo. Minhas lágrimas vão descendo na mesma velocidade do fluxo do seu sangue. Tento colocar você em pé e nessa hora você cai outra vez, vejo como sou fraco perante a sua dor, como não posso salvar nem mesmo a quem amo. Seus olhos vão se fechando pouco a pouco, sei que esta me deixando para sempre, nunca mais voltarei a ver seu sorriso, o calor vai deixando o seu corpo e sei que nunca mais voltarei a segurar sua mão quente na minha outra vez.
Não. Não posso deixar você ir. Tento levantar seu corpo, a sua dor é pesada. Meu amor é mais forte.
-Eu amo você- São as palavras que escuto dos seus lábios trêmulos. As palavras que por um momento pensei nunca mais voltar a ouvir.
-Fique comigo e lutaremos contra tudo juntos, eu amo você- São as únicas palavras que quero dizer.
Nos abraçamos em silêncio.

5 Comentários:

Hyvi disse...

olá!

eu estou te linkando...
para vc ser meu parceiro é só me linkar também...

desculpe-me pela demora!

beijinhos

camila disse...

Gostei muito do teu texto, escreves realmente muito bem.
Abraços

Pedro Thiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Subdivisões disse...

valeu pelo comentário lá no blog rapa! espaço bem interessante esse seu aqui ambém viu.

abraço

Junhu disse...

Estou desacostumado a textos trágicos UHASUAHSUHASUH Coisa que você tem escrito bastante, né? rs
Mesmo assim, não perde a elegância, fato.

abração man!